Para que você possa abrir a sua empresa, precisa entender a necessidade de saber empreender; Aprenda neste artigo todos os passos do empreendedorismo

Abrir uma empresa e empreender, tá aí uma das grandes funções de quem está querendo ter a sua primeira experiência no mundo dos negócios. O economista austríaco Joseph A. Schumpeter em seu livro “Capitalismo, socialismo e democracia”, usa o termo destruição crítica, que nada mais significa desconstruir os conceitos antigos, abrindo espaço para novas ações. Ou seja, ao abrir uma empresa, você está partindo do zero uma ação absolutamente nova, logo, automaticamente abrir uma empresa e empreender são coisas semelhantes. Porém o processo de dar um start no projeto de abrir a sua empresa não é o suficiente para ser um empreendedor. É nesse momento que surge a linha tênue entre o empreendedor e o visionário. Enquanto o visionário é aquele que sai da zona de conforto e idealiza, o empreendedor é aquele que sai do campo da idealização e abre a empresa, colocando o projeto em prática.

Como dizia o professor canadense, Louis Jacques Filion, “Um empreendedor é uma pessoa que imagina, desenvolve e realiza visões”.

Empreender é carga genética?

Não, empreender não advém de nenhuma carga genética. Muito diferente disso, depende de postura, já que as suas opiniões e posicionamentos definidos durante a vida interferem diretamente em suas escolhas e posicionamentos. Para que um empreendedor venha a ter sucesso em seu segmento de trabalho, ele precisa de muita transpiração, trabalho duro e inteligência nos quesitos econômicos e também na formulação dos planejamento estratégicos.

“A profissão empreendedor não é fruto do nascimento ou de herança genética, mas resultado de trabalho, talento e reserva econômica. É própria de uma sociedade capitalista liberal e de sua ideologia de sucesso individual”, já dizia a professora Maria Inês Felipe.

O que leva alguém a abrir uma empresa?

Os principais motivos estão no desejo de liberdade, em buscar o seu próprio projeto e um local melhor ou diferente, já que muitas pessoas cansam da repetição com o tempo e tendem a buscar novos ares.

Algumas pessoas também enxergam o empreendedorismo como válvula de escape para superar o desemprego, por exemplo. Em todas as situações é necessário prestar muita atenção na motivação. O ideal diz muito sobre a identidade da empresa.

Quem abre empresa tem um perfil

E esse perfil, segundo Vera Pati, autora do livro “O empreendedor: descoberta e desenvolvimento do potencial empresarial” é: ser motivado pelo desejo de realizar; corre riscos viáveis, possíveis; ter capacidade de análise; precisar de liberdade para agir e para definir suas metas e os caminhos para atingi-las; saber onde quer chegar; confiar em si mesmo; não depender dos outros para agir; porém, sabe agir em conjunto; ser tenaz, firme e resistente ao enfrentar dificuldades; ser otimista, sem perder o contato com a realidade.

Fale Conosco

Ligue para nós